Secretários da era Teobaldo assumem pastas na prefeitura de Paudalho


O sobrinho e candidato do deputado federal Ricardo Teobaldo (PTN) ao cargo de prefeito de Limoeiro, Thiago Cavalcanti (PTB), não conseguiu sucesso na terra natal. Isso representou a queda da era Teobaldo depois de 8 anos no poder com planos para mais 4. A família só conseguiu a eleição do vereador Luís Antônio (PTB). Com o resultado, Ricardo voltou a ser oposição, lugar que ocupou pelos mesmos 8 anos contra os “Luís”: Heráclio e Raimundo. Porém, mesmo com a derrota em “casa”, ele conseguiu emplacar alguns prefeitos na região com o seu aval e apoio político, a exemplo de Feira Nova, Taquaritinga do Norte e Bom Jardim. Mas a maior força política dele parece se concentrar no município de Paudalho.

Na gestão do prefeito Marcelo Gouveia (PSD), 3 secretários que estiveram na equipe de Ricardo enquanto prefeito de Limoeiro assumiram lá. O administrador Marcelo Gomes, que foi secretário de Administração de Teobaldo, será responsável pela articulação do gabinete paudalhense. Recentemente, ele fez parte do secretariado de Jorge Alexandre (PSDB), prefeito de Camaragibe derrotado nas últimas eleições. Já o odontólogo Orlando Jorge (PSD), que esteve na secretaria da Saúde na era Ricardo e Thiago, assume a mesma pasta em Paudalho. E por último, a ex-vice-prefeita de Lagoa do Carro, Ana Guerra (PSB), que foi secretária de Finanças nas duas gestões do agora deputado, foi indicada para cuidar do dinheiro e da Administração de Paudalho. (Imagens | Reprodução Internet)