Mãe do prefeito é eleita presidente da Câmara Municipal de Orobó


No município de Orobó, os poderes Executivo e Legislativo estão literalmente em família. Se a chapa do prefeito reeleito Cléber Chaparral (PSD) – que assumiu o cargo no primeiro dia ano “sub judice” – vier a ser cassada, quem assume até uma nova eleição é a mãe dele, a vereadora Maria do Carmo (Lia mãe de Chaparral – PSD). Ela foi eleita presidente da Câmara Municipal de Orobó no último domingo (1º). Na primeira secretaria da mesa diretora ficou David Aguiar, enquanto na segunda, o vereador Lúcio Donato. Dos 11 parlamentares, a mãe do prefeito conseguiu 6 votos. A chapa da oposição conseguiu 5 votos e esteve representada por Lúcio Ramos, Paulo Brito e Amilton do SINTRAF.

Processo – A chapa Cléber Chaparral e Biu Abreu foi cassada pela juíza eleitoral do município, que acatou representação do Ministério Público Eleitoral. No processo consta abuso de poder econômico e político praticado pelo gestor municipal no seu primeiro mandato e durante campanha. A defesa dele recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE –PE) e aguarda decisão. Para assumir pela segunda vez a cidade, Chaparral conseguiu uma liminar na justiça. Caso seja condenado na segunda instância, ainda poderá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Se condenado na última instancia, ele e o vice deixam o cargo para realização de nova eleição. Neste intervalo, a presidente da Câmara de Vereadores assume o Executivo interinamente. Caso absolvido, segue na administração. (Imagem | Reprodução Blog do Edinho Soares)